Quando pensamos nos cuidados com as crianças, logo nos remetemos aos pais e familiares. A criança sozinha, não tem discernimento do certo e errado, de horários e regras. Nós adultos que guiamos e orientamos. Assim também acontece em relação aos cuidados com a saúde bucal. Para nós profissionais, é muito importante termos a participação da família durante o tratamento e principalmente, na continuidade dos cuidados em casa. Uma família participativa, com bons exemplos, traz calma e segurança para a criança e é um grande elo de confiança entre o profissional e ela. Os pais tem que estar bem instruídos para transmitir bons hábitos aos filhos.
Alguns pontos são importantes:

  • Não diga à criança que se ela não se comportar, o dentista vai dar injeção;
  • Criança não se agrada com doces sempre. Eles ficam felizes com um abraço, atenção, até mesmo com um pedaço de papel;
  • Vamos cuidar da nossa saúde bucal para dar exemplo;
  • Criar uma rotina de cuidados ajuda a trazer tranquilidade e harmonia para o dia a dia.

A família é o primeiro contato social de uma criança, dali ela se abre para o mundo. Vamos ser confiantes, coerentes e sempre dispostos a dar os melhores exemplos. Eles merecem.

About The Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close